Piripiri, pequena e acolhedora

O nome do município é em homenagem ao Padre Freitas, que possuía uma fazenda de nome Piripiri.

É a porta de entrada para quem quer visitar o Parque Nacional de Sete cidades no Piauí, a reserva, que mescla vegetações de caatinga e cerrado, fica a 25 quilômetros do Centro e reúne sete grupos de formações rochosas apelidados de “cidades”.

Para completar o tour, estique até o município vizinho de Pedro II, a 50 quilômetros. O charme fica por conta do centrinho histórico bem-preservado e do garimpo de opala, pedra preciosa extraída de dezenas de jazidas nos arredores. Parte das pedras é transformada em joias e bijuterias e são vendidas em lojas de Pedro II e de Piripiri. Quem prefere presentes menos suntuosos encontra redes artesanais, produzidas em teares rudimentares de madeira desde o século 19.

Lá você também pode visitar o Museu de Pery Pery com exposição de peças significativas para a história do município, o Memorial Expedito Resende com Exposição do acervo pessoal do Embaixador Expedito Resende e a Biblioteca Municipal Casa das Letras, espaço restaurado onde funcionou antiga usina de energia.

A região possui infraestrutura para visitantes como Hotéis fazenda, pousadas, área de camping e restaurantes.

 

Quer conhecer Piripiri? Pequena, simpática e rica em belezas ela não vai te decepcionar. Vá com a Satélite Norte: https://satelitenorte.com.br

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *